Mãe

Baralho CiganoMãe é alguém que se conhece por dentro e deixa marcas,  alguém com um cheirinho especial e um abraço inconfundível.

Mãe, uma fada boa com um beijinho que cura,  traz na voz uma melodia que acalma e nas mãos um quê de magia,  pois carregam um tempero exótico e amparam a todo momento.

Mãe, amor que não morre, um sentimento profundo que às vezes muda de dimensão e se fortalece através das encarnações.

Mãe, a mais bela amiga de todas as mulheres.

Mãe, amor que não precisa ser explicado, o elo mais forte da natureza, o amor que permanece, enquanto outros amores vão e vem, num grande turbilhão de encontros e desencontros.

Existe um elo misterioso, o amor doado pela mãe do coração, um amor intenso e cristalino, de todas as formas, mãe! .

Mãe, palavra doce e forte.

Amor de mãe  somente não é maior que o amor de Deus.

Já dizia George Whashington, ” Deus não podia estar em todas as partes ao mesmo tempo, daí criou as mães”.

Obrigada, mamãe!! Na segurança dos seus braços me livrei de grandes embaraços!

Arte: inspirado no mestre Fernando Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code