Gato

O felino, gato, vive aproximadamente 16 anos, e, é o quarto signo do horóscopo chinês.

Gato preto, na Idade Média,  era consagrado às bruxas.

No Egito, os gatos eram tidos como divindades, especificamente a deusa Bastet, a deusa protetora das mulheres grávidas e deusa da fertilidade.

O gato é um animal mamífero carnívoro da família Felidae e está na subfamília dos Felinae . Este  felino é também um predador natural de inúmeros animais, como pássaros, lagartixas, ratos, peixes…

No Japão, o gato era símbolo de coisa ruim, mau presságio e também associado, por muitos outros povos, como símbolo do azar e sinal do diabo.

“Considerados animais de cérebro bastante evoluído, os gatos são inteligentes, capazes de sentir emoções. Em relação à anatomia, são muito similares a outros felinos. Possuem corpos fortes e flexíveis, garras retráteis bem afiadas e reflexos rápidos”.

O gato é um grande companheiro do homem. São manhosos, carentes e dorminhocos. Caminham entre as pernas do humano demarcando território.

Algumas raças :

      • Abissínio;
      • American Shorthair;
      • Angorá;
      • Bengal;
      • Bobtail Japonês;
      • Bombay;
      • British Shorthair;
      • Chartreux;
      • Cornish Rex;
      • Himalaio;
      • LaPerm;
      • Maine Coon;
      • Mau Egípcio;
      • Norueguês da Floresta;
      • Pêlo curto brasileiro;
      • Gato Savannah;
      • Gato comum europeu;
      • Persa;
      • Ragdoll;
      • Ocicat;
      • Sagrado da Birmânia;
      • Siamês;
      • Sphynx;
      • Tonquinês.
O felino, gato, possui 244 ossos e 512 músculos, o que o torna num animal extremamente desenvolvido.  Sua capacidade física e os sentido apurado confere-lhe agilidade, velocidade e flexibilidade. Este felino consegue virar e mexer desde a cabeça até as patas posteriores. Seu corpo estica totalmente e sua cabeça gira num ângulo de 180 graus. As patas dianteiras são providas de 5 dedos e as traseiras têm 4. “As características das patas permitem ao gato andar sem fazer o mínimo de ruído e ter um equilíbrio fora do comum. Para não gastar desnecessariamente as unhas, o gato contrai as garras”.

 

O gato  transmuta a energia do ambiente. Assim, torna-se um animal útil para a cura e serenidade do lugar (CASA)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code