Águia

Nome concedido às aves de rapina, da família Accipitridae. Estes animais são carnívoros, enxergam muito e voam  numa velocidade de 160 km/h em direção ao Sol, exibindo suas elegantes penas parecidas com os raios solares. Seus ninhos são feitos em lugares altos, privilegiados para apreciação da imensidão.
 
A Águia traz a simbologia de:
  • Ave mediadora entre o Divino e o Espiritual;
  • Na Mitologia Grega a Águia era Zeus;
  • Na Cultura Indígena traz a simbologia da força, do poder, da resistência;
  • Na antiguidade era símbolo do real e do divino;
  • Em muitos países é o símbolo da identidade nacional;
  • Na antiguidade greco-romana, símbolo de Júpiter;
  • Na Bíblia símbolo da onipotência e fé em Deus;
  • No Cristianismo, representa a inspiração da palavra de Deus;
  • No mundo cristão a Águia é o símbolo de São João;
  • Na China a representação é a mesma da Cultura Indígena;
  • Na Idade Média, símbolo do batismo e do renascimento;
  • Na Cultura Celta traz a simbologia da renovação e do renascimento;
  • Para os egípcios simboliza a vida eterna;
  • Símbolo do vencedor da serpente;
  • Usado em vários brasões do exército;
  • Para Aristóteles, símbolo da contemplação e do conhecimento espiritual;
  • Nos Sete Pecados Capitais, simboliza a soberba;
  • Nas Quatro Virtudes Cardeais, simboliza a justiça;
  • Na Psicanálise é o símbolo paterno;
  • Na tradição romana, símbolo do Império Alemão;
  • Esta presente também nas armas de muitos países como símbolo de soberania.
 
A Águia como arquétipo representa o foco,  a determinação, o orgulho, a independência e a visão ampla. Animal invocado pelos Xamãs para auxiliar na elevação do espírito, com capacidade de voar alto e enxergar além das aparências, com clareza mental, para tomadas de decisões e definições de metas.
 
Existe uma renovação da Águia – muito dolorosa. Durante vários meses de transformação, a águia se posiciona no alto de uma montanha e arranca seu bico batendo nas rochas e aguarda o nascimento de outro bico, e depois,  ela usa o próprio bico para arrancar suas penas e se renovar num extremo ato de coragem.

 

 

2 Comentários

  1. Marisa

    Interessante assunto! Acrescentou-me conhecimento!! Bjuss

    • Gratidão Marisa! Fico feliz em saber que pude acrescentar algo a você, uma conhecedora incomparável dos assuntos aqui abordados. receba um beijo carinhoso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code