O Sinal da Cruz

A importância do Sinal da Cruz:

Pelo Sinal da cruz

Que tenhamos somente pensamentos nobres e puros.

Livrai-nos Deus, Nosso Senhor

Que dá nossa boca  saia somente palavras positivas.

Dos Nossos Inimigos

Que do nosso coração emane o amor pleno.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Que promova a fé latente na Santíssima Trindade.

Eleve seu pensamento ao Criador e faça o Sinal da Cruz todos os dias:

  • ao acordar,
  • antes de iniciar  qualquer refeição,
  • ao sair de casa,
  • e ao deitar.

Sinal da Cruz é um livramento.

Sinal da Cruz foi feito por Jesus, quando estendeu seus braços sobre a cruz. Assim, ficou estabelecido o sinal como uma  proteção.

Há vários séculos, o Sinal da Cruz  era feito sobre a testa. Depois, abriu-se esta cruz numa grande cruz sobre nós mesmos, “da testa ao peito e do ombro esquerdo ao direito”.

A formalidade  do uso da mão direita “para as ações litúrgicas e/ou religiosas nunca pode ser ofensiva para os canhotos”. Como, por exemplo, a comunhão é oferecida com a mão direita, ainda que o pároco ou quem oferta, seja canhoto. Não  que seja proibido, muito menos pecado, ofertar com a mão esquerda, entretanto, trata-se de uma questão de “boa educação litúrgica”.

“A Igreja sempre considerou o lado direito como preponderante. É por isso que, para traçar o Sinal da Cruz, usa-se também a mão direita”.

“Quando se cumprimenta alguém, dá-se a mão direita, não a esquerda, por exemplo”.

Sinal da Cruz representa a fé em Jesus que morreu na cruz; ato exercido por cristãos e ortodoxos.


2 Comentários

  1. Teresa

    Cleo querida, você como sempre nos orientando com sabedoria!
    Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code