Mente e Corpo

As doenças podem ser superadas através de mudanças mentais, desde que este hábito vibratório seja empregado no cotidiano.  Às vezes, a pessoa fica “cega” quanto aos próprios sentimentos ruins que crescem em seu interior. É necessário trocar os padrões mentais.

O exercício do perdão deve ser a prática exercida com afinco; a mudança da alimentação, isto é,  alimentar-se de forma saudável também assume grande importância para a sincronicidade do corpo e da mente.

Determinada doença não se estabelece se a harmonia prevalecer em nosso interior.

Assim, fica claro que pensamentos bons ou ruins moldam o padrão vibratório que refletem no corpo.

Alguns exemplos:

O Alcoolismo demonstra como causa provável o pensamento repetitivo que o indivíduo carrega de culpa, auto rejeição, inadequação…

Para harmonizar o padrão vibratório o pensamento deve ser de amor e reconhecimento  próprios.

A Alergia acontece quando o indivíduo sente-se “alérgico” a certa situação e vulnerável à falta de educação do outro .

Para harmonização plena, sentir-se protegido e abençoado. Há pessoas boas espalhadas pelo mundo. Tudo vai dar certo!

O Câncer surge quando há mágoa profunda. Aquela mágoa persistente que dilacera a alma.

Para harmonização, o perdão, o amor ao próximo, a libertação do passado devem ser exercitados.

 Os males da Garganta  são caracterizados pelas emoções reprimidas, a liberdade invadida, o momento sufocado, a irritação, a raiva, o aborrecimento.

A harmonização ideal é enxergar que tudo vai passar e ficará em paz. O bem comanda a sua vida.  Então, “sou pacífico e conciliador”.  “A alegria está em mim”!

A Insônia demonstra que não confia na vida, nas perspectivas do dia a dia. Como se estivesse fazendo algo de forma mecânica para agradar a outrem.

Para harmonização devo mentalizar: “desligo-me por algumas horas e me entrego ao sono sereno”.

Estes são exemplos aleatórios.

Se necessitar de alguma informação não citada aqui, basta perguntar e responderei com o maior prazer.

Bem no centro de meu ser existe uma fonte infinita de amor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code