Felicidade

Para Freud, os seres humanos estão em busca da felicidade e esta busca seria fadada ao fracasso, seria parcial, princípio da realidade” . 
 
Sim, estamos à procura da felicidade, e esta, nos escapa a todo instante. Assim, quando ela passar, devemos aproveita-la, mesmo quando se apresentar de mansinho, frágil, imperfeita, pois, é um estado durável de prazer. 
 
Às vezes a procuramos nas coisas materiais, e isto pode nos perturbar. Em vez de buscarmos na alma, na paz do coração, pois, somente assim, a verdadeira felicidade será conquistada. 
 
Quanta serenidade, podemos adquirir, ao nos alegrarmos com o que nos é dado, com o que possuímos como merecedores. Olhamos para baixo, quando o ideal seria olharmos para o alto de nós mesmos.
 
Inúmeros pensadores definiram felicidade, entretanto, JESUS disse ser o amor, o elemento fundamental para se alcançar a harmonia plena e individual. E isto, promove a felicidade de forma contínua.
 
A alma em meio ao caos deve permanecer serena.
 
“Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido”. (Fernando Pessoa) 
 

2 Comentários

  1. Fernando

    Muito lindo, bom para parar e refletir se estamos agindo dessa forma…

    • Lindo é você!!Sim, um momento para refletir e agradecer o muito que temos! Um grande beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code