Fadas

Pompônio Mela, um italiano, escritor e geógrafo, viveu no século I, d.C., citou a existência das Fadas, fêmeas dos elfos, com asas de borboleta, trazendo uma varinha de condão para efetuar suas transformações.

Mais tarde, o autor e folclorista inglês, Joseph Ritson escreveu que Fadas são metade espirituais, metade materiais e podem mudar de aparência, tornando-se visíveis ou invisíveis.

Elas habitam as florestas, os jardins, os parques, as estradas floridas…

As Fadas são espíritos da natureza, vivem em um plano que vibra numa frequência paralela ao nosso plano.

O nome Fada, vem do latim fatum, fado, destino. Ser mitológico, característico dos nórdicos, dos anglo-saxões, dos germânicos e célticos.

O escritor Schoereder afirmou que “são numerosos os relatos de pessoas que dizem ter observado seres estranhos, supostamente vindos de planos paralelos de existência.”

“As Fadas podem nos auxiliar, de forma mágica, nas questões cotidianas.”(CASA)

Fonte: Wikipédia

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code