Coruja

  As  aves estrigiformes, das famílias dos titonídeos e estrigídeos têm o nome corriqueiro  de: Coruja
 
Ela é a mascote dos escoteiros e exemplar escolhido como emblema dos cursos de Filosofia, Letras e Pedagogia.
 
Cada classe animal  traz uma essência espiritual e sua característica peculiar. A Coruja é o arquétipo da deusa grega, Atena,  a deusa da sabedoria.
 
Esta ave tem a capacidade de enxergar na escuridão total, e assim, quem tem este arquétipo carrega uma visão interior aguçada, consegue perceber o que outros não são capazes de ver, tal como, a essência do ambiente.  
 
Este paradigma representa nossa mente e é exemplar de prosperidade, sabedoria, autoestima e mistério.
 
Quem é agraciado com este protótipo carrega o neurotransmissor da  alegria, a dopamina, sempre em equilíbrio. Geralmente é a encarnação da animação e várias bandeiras são atribuídas a ela e variam de acordo com a cultura local, para alguns, representa bom augúrio, já para outros, tem a simbologia de mau presságio.
 
O indivíduo que tem como arquétipo – Coruja –  deve avaliar seus sentimentos em relação ao outro. As mensagens podem estar inseridas nos sonhos, desdobramentos, intuição e meditação
 
Toda pessoa que tiver este arquétipo irá crescer, evoluir em todos os aspectos. Faça uso das fases da Lua para se energizar e viver momentos especiais, grandiosos.
 
 Geralmente, este animal  noturno, posiciona-se ao leste, o lugar da iluminação, lado que nasce o Sol, o alvorecer!


4 Comentários

  1. Laura

    Adorei! Belo trabalho.

  2. Teresa

    Muito interessante esse arquétipo!e viva a coruja com toda a sua sabedoria e graça. Adorei o vídeo e sobretudo o texto!

    • Irmã querida, obrigada pela presença!! Muita luz e amor!!! Beijos carinhosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code