Biodança

Bio+dança, vida +dança, foi criada em 1960, pelo antropólogo, psicólogo e pintor chileno, Rolando Toro Araneda quando agregou a Biologia, a Antropologia e a Psicologia a tão prazerosa dança formando assim a Biodança que define um mix de afeto de renovação orgânica e de integração das funções reais da vida.

“Biodanza é a participação em um novo modo de viver, a partir de intensas vivências pessoais induzidas pela dança.”   (Rolando Toro)

A Biodança ressalta efeitos terapêuticos, uma terapia da alma, uma forma de arte para a vida, um encontro que promove a saúde, a alegria de viver.

Na Biodança ressaltamos cindo potencialidades:

A vitalidade trabalha as questões da saúde do corpo;

Criatividade desenvolve o potencial de cada um;

Sexualidade evidencia a sensualidade e a atração que o corpo exerce;

Afetividade fazer o bem sem olhar a quem e a

Transcendência o valor da vida, o simples fato de estar vivo.

A Biodança é praticada em grupo e os exercícios são sutis e lúdicos. Trabalham o potencial de cada um.

“A pessoa entende a integração com as cores vivas, que modifica o planeta e que o fato de estar vivo é um milagre.” (Teresa Lima)

“A Biodança é uma dança da vida do amor. Pelos movimentos e pela música, a pessoa melhora os potenciais e sua relação com o mundo.” (Teresa Lima)

“A dança é a arte de viver bem, um encontro com a alma regada aos sons da vida.” (CASA)

Fonte: Revista Terapia Holística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code